domingo, 4 de maio de 2008

Quando a saudade fala mais alto...

"Quando a saudade fala mais alto,
é quando eu mais gostaria de gritar.
Quando a saudade fala mais alto,
é que meu coração não pára no lugar.
Quando a saudade fala mais alto,
é que a dor aperta no peito.
Quando a saudade fala mais alto,
é que eu descubro que não tem mais jeito.
Mas como nem tudo é solidão, a saudade serve pra manter-nos vivos, atentos a todo instante em que possamos estar perto, mesmo se estando longe, onde a dor de não estar perto se regozija com as lembranças de quem um dia já passou por nossas vidas e deixou marcas.
Tenho saudades dos tempos de criança em que ainda não conhecia o significado da palavra "responsabilidade"; época em que só se aprendia o sentido das palavras por meio de dicionários.
Tenho saudades de quando acreditava em contos de fadas, mesmo nunca acreditando.
Quando a saudade fala mais alto,
é que finalmente se percebe a dor da loucura de estar amando".



PS: quem diria que um plantão na REFESA algum dia me faria escrever assim.

Alanna Sousa

Um comentário:

Ananda disse...

Dá-lhe refesa!

Tu ganha dinheiro pra fazer essas propagandas do Google no teu blog?